Páginas

TRANSLATE

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Traços de leite e ovos, pode ?

Olá! Não sei se retorno de uma vez, mas escrevi um texto há pouco e resolvi postá-lo aqui. É algo que tem causado bastante polêmica nos grupos de veganismo no Facebook, principalmente no Ogros Veganos. Deixo minha opinião sobre.





A polêmica do "pode conter traços de leite e ovos" nunca acaba. Essa informação, que é destinada aos alérgicos, está presente nos produtos que são processados nas mesmas máquinas que processam alimentos com leite e ovos na composição. Vegan pode comer ? Poder pode. Pode, inclusive, comer carne de cachorro se quiser, é tudo opcional! Alguns questionam "mas e traços de merda, você comeria?" E quem garante que nossos alimentos não são contaminados ??


Outra coisa, se você é vegan e mora com pessoas que não são, a única forma de livrar-se dos traços é usando talheres, panelas, vasilhas etc exclusivas, do contrário, sua comida vai conter traços sim! "Ah, mas consumir produtos de empresas não veganas contribui para a exploração animal do mesmo jeito." Você consegue boicotar todas as marcas ? Parabéns! 

Eu boicoto marcas que testam em animais, Unilever, por exemplo. Não boicoto marcas que não testam em animais, mas fabricam alguns alimentos com ingredientes de origem animal na composição, Cacau Show, por exemplo. Se for assim, a Superbom cai, certo ? Porque ela vende mel... 

E mais, cuidado com essa ditadura vegana que está sendo criada porque ela afasta muita gente. Dizer que vegan não pode comer, de forma alguma, um produto da Bauducco, por exemplo, porque é uma empresa que usa leite, ovos e mel, não contribui para o veganismo - só cria uma visão de elitismo ainda maior. O que eu observo, também, é que a situação financeira e o local de moradia influenciam muito na forma como cada pessoa segue no veganismo - o que é acessível para um, não é para outro.

Sejamos realistas, realizar um boicote total ainda não é possível. Se consumimos produtos industrializados, de alguma forma iremos contribuir para a exploração animal. Só é possível, ou não, boicotar tudo se comermos SOMENTE o que plantamos, somado a permacultura e agroecologia (é o que pretendo futuramente). 

A libertação animal não-humana só ocorrerá, de fato, quando as pessoas tomarem consciência de que DEVEM respeitar os animais enquanto seres sencientes, quando o especismo acabar. Mas no atual sistema em que vivemos não é possível! 

E especificamente para aquelas pessoas que se autodenominam "vegan police", parem! Por favor, parem. Preocupem-se mais com outros aspectos do veganismo,libertação animal e menos com a comida alheia. 

8 comentários:

  1. Tens razão. Uma coisa é radicalismo (que, contrariamente ao que muitos pensam, significa que trata um problema logo pela raiz) e outra é extremismo.
    É perfeitamente normal que muitos produtos alertem para a possibilidade de conter traços disto e daquilo porque vêm de uma fábrica que utiliza ingredientes de origem animal: onde está o pecado em comprar esse produto? Chega até a ser positivo porque é indicador que há pessoas que o consomem - estamos a revelar a nossa existência, seja por intolerância alimentar e/ou ética.

    Em todo o lado há sempre um grupo que nunca está satisfeito com nada e acaba por oferecer uma imagem negativa à causa: não ligues a isso e continua a semear a boa consciência repleta de amor pelos seres sencientes :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda essa ditadura me deixa bastante chateada. É complicado! Mas seguimos como podemos.
      Obrigada pela visita e comentário, gostei bastante ^_^
      Beijos!

      Excluir
  2. E não é que eu tava no meio dessa discussão?
    No grupo Ogros Veganos, quando uma menina disse que não suportava o "veganismo cômodo" de algumas pessoas eu me aquietei.
    Mas o que é isso minha gente... cada um faz sua parte da maneira que pode!
    Eu mesma questionei, que por mais que soe incoerente "não vou usar produtos testados em animais, mas vou comprar Doriana, que é o creme vegetal da Seara, marca que vende carnes", significa que a gente tá tentando... ( e mostrando pra Seara que usamos o creme vegetal, que não explora a vaca)
    E ainda disse que se for pensar dessa forma, todo mundo que já tinha postado no grupo receita com os produtos da Goshen tava ferrado. Já que é uma empresa que fabrica produtos veganos e não veganos.

    Uma coisa não exclui a outra, e para sermos 100% veganos, temos até que parar de ir ao mercado, e também morar sozinho, caso os nossos pais não sejam veganos.
    É muita coisa pra processar, temos que dar um passo de cada vez, e muitas pessoas não enxergam isso.
    Super concordo com você, enquanto as pessoas discutem sobre comida, a libertação animal fica esperando...

    Beijão Karine!
    Sim, sou vegana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thallita!
      Eu não te vi na discussão, na verdade não te conhecia ainda haha Perdão.

      Pois é, aquele grupo é complicado demais! Como uma colega disse recentemente, só não saio dele porque postam cada comida interessante. Ultimamente o pessoal está brigando muito, lembro que assim que entrei, era só paz.

      Eu não sabia que a Doriana é da Seara, obrigada por informar. Mas não uso, por dois motivos: não encontro com facilidade e quando virei vegana, desacostumei, gostei disso e não quero voltar a comer.

      Não é fácil consumir produtos de empresas 100% veganas porque vivemos numa verdadeira engrenagem, mas vamos fazendo o possível.

      Beijo.

      Excluir
  3. Acho hipócrita se dominar vegan sendo que vocês é um vegetariano. VEGANISMO é uma mudança de vida, ter dinheiro ajuda e muito na dieta mas se vocês não tem como comprar ou fazer os teus produtos para eles serem veganos não adianta comprar produtos vegetarianos e dizer que é VEGAN, não é uma questão de ser radical mas de saber as diferenças, uma pessoa rawvegan não tem como dizer que é só vegan pois ela não consome as mesmas coisas.
    A preguiça e o comodismo é que faz o VEGANISMO no Brasil ser seguido errado, pois em todos os países Europeus e na America veganismo é levar uma vida live de produtos,empresas e materiais que produzem/utilizam de alguma forma produtos de origem animal. Pode conter é contém, se não houvesse uma probabilidade não estaria ali,assim como uma pessoa alérgica não pode comer algo com "o pode conter" é hiprocita um vegano comer tal produto!

    ResponderExcluir
  4. Aiaiai, parem com essas frescura, comam uma carne suculenta hoje mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom respeitar as escolhas alheias, sabia?

      Excluir

Olá!
Fico feliz que esteja aqui, você é livre para opinar.
Agradeço-lhe caso não use palavras ofensivas para se "expressar."
Lembrando que comentários em ANÔNIMO são permitidos, pois acredito que se eu não permitisse, estaria criando assim uma ditadura. Mas não se intimide em comentar publicamente.

Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...